Recuperação judicial em tempo de crise

Medida é alternativa viável para empresas que estejam atravessando momentos delicados com a situação da economia. Especial [caderno] do Correio Popular de 4 de dezembro de 2016 apresenta uma panorama completo sobre o assunto: Recuperação judicial em tempo de crise.correio-popular-jfogaca-img_0282

Como diretor-adjunto da ACIC, contribuímos com a seção: Micro e pequenas [empresas] são as mais afetadas.  Veja texto completo.

Micro e pequenas empresas foram as mais afetadas pela crise econômica que atingiu o pais nos últimos três anos. Algumas empresas aparecerão nos indicativos de falência no próximo ano.  Ainda há resquícios muito grandes da economia ruim. A preocupação é que 2017 poderá apresentar falências iniciadas no ano anterior.

O tempo médio de ajustes da demanda é de três a seis meses. Devemos entrar em 2017 no processo de recontratação. A melhora só deve acontecer a partir do segundo semestre. Também vai depender do realinhamento dos planos dos governos federal, estadual e municipal.

Se você quiser saber mais sobre a recuperação de empresas, assista o Minuto ACIC no Café Empreendedor, no link a seguir: Minuto ACIC no Café Empreendedor

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.